logo-pillar-condominios

Idoneidade, preço justo e lealdade: a Pillar se posiciona contra a concorrência desleal

Idoneidade-preço-justo-e-lealdade-a-Pillar-se-posiciona-contra-a-concorrência-desleal-1

Sabemos que faz parte das relações comerciais discordâncias sobre questões pertinentes à prestação de serviços ou a valores estipulados em contrato. Também entendemos e respeitamos o cliente que procura melhores preços e serviços, algo natural do mercado. Quando um cliente manifesta o desejo de cancelar o contrato baseado em valores, por alguma falha nossa ou mesmo por economia e dificuldades financeiras, acatamos imediatamente essa solicitação. Esse “acatar”, além de ser um preceito legal normatizado em contrato, é cultural da nossa empresa.

Todavia, chamamos a atenção para os preços incompatíveis que outras empresas de administração ou conservação de condomínios oferecem, provocando uma concorrência injusta no mercado.

Há exatamente um ano, compartilhamos aqui no nosso blog um artigo sobre idoneidade (clique aqui para ler). Passados 12 meses, continuamos testemunhando práticas ilegais e imorais no mercado e nos posicionamos novamente contra a corrupção da concorrência desleal e sonegação de impostos. Explicamos melhor nos tópicos abaixo: 

Base de cálculo

base de cálculo dos serviços prestados por administradoras e conservadoras de condomínios é comum a todos. Por isso, quando somos informados, em alguma negociação, que concorrentes possuem ofertas muito abaixo do valor médio de mercado, estranhamos e recomendamos que a proposta muito “barata” seja analisada com cuidado.

O combate à corrupção é responsabilidade de todos

Quando uma proposta de preço extremamente baixa é aceita, entendemos que as duas partes, empresa e cliente, têm responsabilidade com a deslealdade, riscos e prejuízos que esse desequilíbrio gera para toda a sociedade. E quando uma oferta se mostra apelativamente barata, podemos ter a certeza de que algo não está correto: pode haver sonegação de impostos, descumprimento de leis trabalhistas, falta de estrutura para cumprimento das tarefas de acordo com a legislação etc. A corrupção, em qualquer natureza, precisa ser combatida por todos. Estamos vivendo um momento histórico em que o Ministério Público, a Polícia Federal e entidades civis estão enfrentando fortemente pessoas corruptas, sejam elas físicas ou jurídicas, mas não podemos creditar essa responsabilidade somente a eles.

Quanto mais idôneos somos, mais a sociedade ganha

Acreditamos que a soma de esforços das instituições públicas, empresas e sociedade é o caminho para eliminar essa verdadeira praga nacional da corrupção e sonegação, pois, em última instância, nós, contribuintes, somos prejudicados por não receber de volta tudo que pagamos. O retorno dos nossos impostos deve ser recebido em qualidade de saúde, educação, ruas limpas com boa manutenção e segurança para as nossas famílias. E ao contratar serviços ou comprar produtos de empresas quando é claro que existe sonegação fiscal, evidenciado pela diferença absurda de valores e preços, estamos compactuando com corruptos e sonegadores.

Cobramos lealdade do mercado e não omitimos porque fazemos a nossa parte

A Pillar, cumpridora de todas as leis do país, opta por não se omitir perante a situações de concorrência abusiva e desleal e vem, inclusive, reagindo dentro dos parâmetros legais. Sempre que nos deparamos com situações acima descritas, procuramos denunciar essa irregularidade para as entidades fiscalizadoras e as autoridades competentes com único propósito de eliminar a prática desleal de angariar contratos de prestação de serviços com apenas o atrativo preço, ofertado sem a consideração dos encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais e tributários. Nossa conduta se faz essencial e necessária para juntarmos forças e vivermos em um novo país.

Você também deve gostar de ler:

O que você deve considerar ao contratar uma administradora de condomínios

5 dicas para fazer economia com responsabilidade no seu condomínio

Este conteúdo é de propriedade da Pillar e foi produzido para ajudar a todos que têm interesse em questões relacionadas à gestão de condomínio. Por isso, fique à vontade para compartilhar, mas não se esqueça de citar a fonte, caso queria reproduzir o conteúdo em outras mídias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sumário

Leia outros artigos:

Siga-nos nas redes sociais: