logo-pillar-condominios

Como deixar a sua casa ou escritório seguros durante uma viagem

Como-deixar-a-sua-casa-ou-escritório-seguros-durante-uma-viagem-1

Janeiro é época de verão, férias e de muitas viagens em famílias. Por isso, condomínios, seja com apartamentos ou salas comerciais, ficam vazias por vários dias e, pensando nisso, listamos alguns cuidados que devemos ter para você viajar tranquilo e prevenir qualquer chateação quando retornar.

Deixe os registros do imóvel fechados

Apartamentos vazios devem ficar com os registros de água e gás fechados. Isso evita incidentes e transtornos causados por vazamentos. Imagine se algum acontece durante a sua viagem e o seu sossego é interrompido por uma ligação do vizinho dizendo que água está escorrendo por debaixo da sua porta? E, além disso, a prevenção evita o desperdício e custos extras.

Desligue as tomadas

Se o local vai ficar vazio, não é necessário que tomadas fiquem ligadas. Você economiza e previne acidentes (como a queima de aparelhos em caso de chuva forte e raios, por exemplo). De preferência, desligue a chave geral do imóvel caso a geladeira não tenha alimentos dependentes do resfriamento para ficarem conservados. Dica: planeje consumir esses alimentos até um dia antes de viajar. Deixar a geladeira vazia e desligada é sempre a melhor opção, evitando, inclusive, que alimentos estraguem e espalhem mau cheiro pelo ambiente.

Não deixe luzes acesas

Muitas pessoas viajam e deixam alguma luz acesa para disfarçar a sua ausência. Mas criminosos podem observar que, se as luzes estiverem acesas de maneira ininterrupta, não há ninguém em casa. Ou seja, o disfarce vira dica para os ‘mal-intencionados’. Uma boa alternativa são sensores que acendem as luzes à noite e as apagam ao amanhecer.

Feche o gás

Sempre desligue o gás quando viajar! Mesmo que improvável, um vazamento pode ocorrer na sua ausência e causar graves acidentes caso o problema não seja resolvido imediatamente. Em casas vazias, um vazamento de gás por segundos já significa alto risco de explosões ou incêndios.

Tomadas desligadas traz economia e reduz o risco de incidentes

Não deixe lixo acumulado e louças sujas

Lembre-se de despachar todo o lixo do imóvel e lavar todas as louças antes de sair para a viagem. Caso o contrário, você pode encontrar, além do mau cheiro, acúmulo de insetos no local, o que é desagradável e pode ser até mesmo perigoso.

Avise aos vizinhos e parentes

É recomendável deixar uma cópia da chave do apartamento / sala com um parente de sua confiança para casos emergenciais. Também é muito importante avisar aos vizinhos sobre a sua ausência, pois, como eles compartilham da rotina do condomínio, podem tomar alguma providência caso haja alguma ocorrência fora do comum ao redor do seu imóvel. E atenção: peça a eles para ficarem espertos com pessoas mal-intencionadas que, de alguma forma, querem descobrir se um apartamento está vazio por um tempo maior. Desligar a campainha pode ser uma boa opção para confundir quem fica tentando descobrir se há alguém em casa.

Providencie um lugar para os animais de estimação

Deixar animais de estimação sozinhos durante uma viagem pode causar vários problemas, como crises de depressão dos cachorros que, ao chorarem muito, incomodam a vizinhança. As opções mais viáveis são os hotéis para pets ou contar com parentes para hospedar o animal durante o período em que você estará ausente.

Tranque as portas e janelas, confira tudo e boa viagem!

Quando estamos saindo para viajar, há várias coisas para se preocupar. Além de todos os pontos já citados acima, temos que checar se pegamos todas as malas, se estamos esquecendo de alguma coisa etc. E nesse processo todo, não podemos esquecer do principal: trancar as portas e janelas. Por isso, evite a pressa e faça um bom planejamento para nenhuma cisma atrapalhar o seu descanso. E, claro, aproveite a viagem!

Tem mais alguma dica? Conte para nós!

Você também pode gostar de ler:

Como manter o condomínio em ordem e preservar a segurança das crianças na época de férias

Nove dicas para manter o condomínio seguro

Este conteúdo é de propriedade da Pillar e foi produzido para ajudar a todos que têm interesse em questões relacionadas à gestão de condomínio. Por isso, fique à vontade para compartilhar, mas não se esqueça de citar a fonte, caso queria reproduzir o conteúdo em outras mídias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sumário

Leia outros artigos:

Siga-nos nas redes sociais: